Quem Somos

Há pouco mais de trinta anos Brasília ganhou um espaço lúdico e educativo cuja missão foi a de promover a cultura italiana em sua diversidade. Aproximar italianos de não italianos, descendentes e italianistas, apaixonados pelo verde, vermelho e branco era o que unia o ideário e os esforços para a construção da emblemática Casa d’Itália. A casa nasceu do sonho de dois imigrantes residentes no Distrito Federal, o professor Giovanni Gambella e o empresário do setor hoteleiro Marco Marchetti que, no ano de 1992, abriram à população um local que faria história.
Situada na Asa Sul, EQS 208/209, a Casa d’Itália povoou o entorno da famosa quadra com suas cores e aromas. O charmoso endereço primou pela prática do idioma e a larga divulgação, promoveu a arte italiana, a tradição culinária, os hábitos sociais e símbolos que traduzem esse rico universo de valores e ideias. É de calor humano que estamos falando. A instituição, voltada ao ensino e ao legado cultural italiano, prestou serviços inestimáveis à formação dos brasilienses. Além disso, nutriu e divulgou a italianidade dos italianos fora de casa, aproximando, afetiva e socialmente, Brasil e Itália. Foi lá, no anexo Teatro Goldoni, que peças de Pirandello e do dramaturgo veneziano Goldoni, entre outros italianos de projeção internacional, foram encenadas.
A horizontal Capital Federal sempre acolheu as diferentes culturas que aqui se reúnem e os estrangeiros que nela habitam – com suas nacionalidades, língua de origem, olhares e costumes – deram à cidade o colorido vivo que a caracteriza. Mas, no último mês do corrente ano, um vazio passou a ocupar a paisagem desta nostra casa e o pulsante, alegre e cosmopolita endereço dos italianos veio abaixo. Por infortúnio, o alvo edifício de amplos arcos e janelas suspensas foi demolido. Ou seja, a Casa D’Itália deixou de existir. Com o ocorrido, os italianos que vivem na região ficaram sem seu lugar existencial e representativo, e os amigos e alunos brasilienses sem poder desfrutar do ambiente cultural universal e acessível que tinham.
Diante desse fato e naturalmente comovido, o COM.IT.ES de Brasília subscreve: há que se preservar esse lugar imaginário. Redesenhar seus contornos. Como já disse a canção mineira de Lô Borges e Milton Nascimento, na obra Clube da Esquina, “Porque se chamavam homens, também se chamavam sonhos e sonhos não envelhecem”. Avanti !

Frederico Tojal Cianni

Presidente do COM.IT.ES / DF

Nascido em Brasília - DF, é PHD em Ciência Política e Relações Internacionais, Mestre em Direito, professor universitário, bacharel em Direito e licenciado em Educação Física. Tabelião Titular (atualmente licenciado) é advogado e sócio do Cianni, Segalis & Saboni. A Famiglia Cassano e Cianni são oriundas da Calábria. Eleito conselheiro, foi escolhido pelos demais conselheiros para presidir o comitato dos italianos residentes na circunscrição da Embaixada da Itália em Brasília.

Max LUCICH

Vice-Presidente

Luciana Picolo Catelli

Nascida em Caxias do Sul - RS e residente em Brasília - DF, é formada em Direito pelo UNICEUB e em Letras - Português pela UnB. Servidora Pública, trabalha como Analista Judiciário no TJDFT. Com todos os bisavós nascidos na Itália, teve sua cidadania italiana reconhecida em razão de bisavô nascido em Mansuè, Treviso. Apaixonada pela Itália e pela cultura italiana, espera contribuir com os italianos residentes na circunscrição da Embaixada da Itália em Brasília para o exercício de seus direitos e em assuntos de seu interesse.

AUGUSTO DE ORNELLAS ABREU

Conselho Executivo e Tesoureiro

Servidor público federal, 41 anos de idade, nascido em Recife/PE mas residente em Brasília desde a infância. Sua família italiana tem origem nas províncias de Bologna e Ferrara. Entusiasta da pesquisa genealógica e estudioso da língua e cultura italianas, tem ajudado de forma voluntária italodescendentes há anos a se reconectarem com suas raízes. Pretende ser voz proativa e incansável na defesa das demandas e exigências dos concidadãos italianos junto à Embaixada e à Administração Pública italiana.

DANIEL HANNA LAGUNA

Secretário Geral

Formado em Relações Internacionais pela FAAP-SP, Gerente de Relacionamento com Operadoras e Parceiros na TELEBRAS e pianista formado em conservatório de Ribeirão Preto (São Paulo). O sobrenome Laguna é originário de Belluno, mas também é descendente de italianos de Mantova, Emilia-Romagna, Napoli, Padova e Friuli-Venezia Giulia. Realizou com sucesso uma série de iniciativas e movimentos para conscientização a respeito das filas ilegais nos consulados italianos do Brasil, seguindo sempre disponível para ajudar os cidadãos nas mais diversas questões relacionadas ao sistema de representação italiana no Brasil, bem como para iniciativas de difusão da língua e cultura italianas.

Ary ALENCASTRO

Ary Alencastro Veiga Filho, brasileiro, residente e natural da cidade Goiânia-Go. Empresário, possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Católica de Goiás, UCG, Brasil. Mestre em Planejamento Urbano pela UNB -Universidade de Brasília-DF. Integrante das associações, ONG/ instituto Solidar, membro do Conselho Diretor do Secovi-Go, membro do Conselho Diretor da Acieg, membro da CVI- Câmara de Valores Imobiliários de Goiás, do Conselho Regional de Corretores de Imóveis. Proprietário da empresa Imobiliary-Gestão Imobiliária, presente há 57 anos no mercado, tendo a missão de realizar negócios imobiliários, com exelência. Descendente de italianos, por linha materna, oriundos da região da Campânia, da família Giácomo, tornando-se Jácomo, quando imigraram para o Brasil em 1886. Amante da História, das tradições, da cultura, que a bela Itália, com o labor dos imigrantes, contribuiram na formação do povo brasileiro. Como conselheiro do COM.IT.ES, a pretensão de explorar, promover a interação italo-brasileira e reciprocidade nas relações Socio-Culturais.

DANIELLE CRISTINA ALVES RIGO

Natural de Cuiabá/MT, residente em Goiânia, 38 anos. Cirurgiã-dentista, doutoranda em odontologia, com intercâmbio na Università degli Studi di Roma "Tor Vergata", é voluntária da fundação italiana ANDI-Roma, que presta serviços de atenção básica odontológica em vários países emergentes. É também tradutora pública e intérprete comercial da língua italiana, registrada na Junta Comercial do Estado de Goiás. Com origens na região de Friuli Venezia Giulia, pretende elevar a um outro patamar o intercâmbio cultural entre o Brasil e a Itália, propondo e executando projetos viáveis e de impacto em ambas as sociedades, trazendo para perto da população brasileira o que a Itália tem de encantador e de melhor.

Roberto Colletti

Nascido em São Paulo-Capital em 25-7-1951. Foi funcionário do Banco do Brasil onde ingressou em 1971 por meio de concurso para desempenhar função administrativa. Posteriormente,após obter licença de voo no Aeroclube de Bragança Paulista, foi transferido em 1982 para Brasília para exercer a função de Piloto de Aeronave e comandar uma das aeronaves do banco, onde permaneceu até 1995. Meus bisavós e avô chegaram ao Brasil em 1893, provenientes de Comune di Mira - Venezia-Veneto, e se estabeleceram primeiramente em Amparo-SP em uma fazenda de café e posteriormente na cidade de São Paulo. O reconhecimento do grande sacrifício pelo qual passaram com a vinda para o Brasil, faz-me sentir muito orgulho de minhas raizes italianas. Como conselheiro pretendo ajudar para melhor conhecer a comunidade italiana da circunscrição e saber de suas necessidades. Pretendo também realizar um trabalho de divulgação da cultura italiana nos seus diversos aspectos junto a comunidade de Brasília.

Christian Régis MANTOVANI

Nascido em Curitiba/PR e residente em Brasília/DF há 30 anos. Sou advogado e pós-graduado em Direito Público. Pelo lado paterno, a minha família é toda originária da Itália. Meus antepassados emigraram das províncias de Mantova, Treviso e Belluno.

Pretendo incentivar a comunidade italodescendente a estreitar os laços com a Itália, especialmente com o aprendizado da língua e da história do país, de modo a resgatar as tradições familiares e a valorizar o sentimento de pertencimento com a comunidade italiana. Entretanto, o maior desafio é o de encontrar alternativas para a melhoria dos serviços consulares na nossa jurisdição, visando garantir a efetividade e a eficiência dos serviços prestados aos usuários.

PASQUALE PERRINI

Italiano nascido em Roma em 20/07/1963, imigrado em 2011 com 48 anos de idade e naturalizado no Brasil desde janeiro de 2017. Na Itália, após diversos anos de atividade como responsável pelo desenvolvimento comercial da sede romana de uma empresa multinacional estadunidense, em 1994 foi contratado pela repartição italiana da cadeia hoteleira International Youth Hostel Federation – I.Y.H.F., junto à qual assumiu função diretiva em 1996 e desenvolveu mais de vinte anos de atividade, em Roma e outras cidades da Itália. Em 2006, fundou a sua micro empresa, que atuou no ramo turístico até a sua migração para o Brasil, com a sua família. No Brasil, reside em Brasília. Trabalhou como Diretor Administrativo e Procurador Financeiro junto a uma franquia operante no ramo da estética e como Gerente de Hospitalidade num hotel de grande porte. É advogado autônomo desde 2018, formado e habilitado no Brasil, com especialização em Direito Civil e Trabalhista. Foi Membro Titular do Comitê Gestor para a Educação em Direitos Humanos do Centro Universitário UniPROJEÇÃO, entre 2016 e 2018. Foi Membro Titular da Comissão de Relações Internacionais da OAB do DF e Vice-Presidente da Comissão Especial de Saneamento, Recursos Hídricos e Sustentabilidade do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, ambos os cargos referentes à gestão 2019-2021. Na qualidade de Conselheiro do Com.It.Es. da Circunscrição Consular de Brasília, pretende trabalhar ao fim de construir uma maior agregação da comunidade ítalo- brasileira com a Itália, por meio de uma maior presença e eficiência dos serviços consulares no território, que garanta uma mais efetiva participação dos italianos imigrados e reconhecidos, e seus descendentes, no desenvolvimento produtivo e social ítalo-brasileiro, com o objetivo de fortalecer a capacidade representativa da comunidade perante as autoridades locais e centrais do Brasil, como também perante as autoridades italianas.

Armando Vinciguerra

Italiano, Empresário, Vice Presidente AIGO , Associazione Italiana di Goias, Tenor Coro Toscanelli, Conselheiro COMITES

Maria Cristina Cento Fanti

Sou Maria Cristina Cento Fanti, nasci em Pedra Bela, uma pequena cidade no Estado de São Paulo, onde a colônia italiana é predominante.
Minha família é de imigrantes do Vêneto , mais precisamente de Vicenza e chegou ao Porto de Santos em 1894.
Migramos para Goiás em 1976 , meus pais e seus 4 filhos, sendo eu a primogênita aos 18 anos.
Fiz minha graduação em Medicina na UFG (1977 /82) e retornei para SP, capital, para me especializar em Otorrinolaringologia.
Exerço a minha especialidade em Goiânia desde 1986 .
Constituí minha família , sou casada há 34 anos e tenho uma filha maravilhosa!
Amo a Itália e digo que meu espírito é italiano.
Sinto-me em casa quando estou em solo italiano!
Meu projeto para 2023 é ficar 2 a 3 meses na Itália com o objetivo de melhorar a minha fluência na língua italiana !
Sou muito grata as minhas origens e a AIGO por proporcionar aos italianos de Goiás a oportunidade de ter a vivência e a convivência com pessoas que nutrem carinho e respeito pela Itália .
Como descendentes ou “Italiani all estero”, entendo que o COM. IT.TES tem uma importância política , social e cultural em ações que estreitem os laços Brasil-Itália , Itália-Brasil para resguardar os direitos dos cidadãos italo- brasileiros.
Minha intenção é contribuir com o COM.IT.TES da melhor forma possível, representando a AIGO , Associazione Italiana di Goiás.
Contém comigo!

Romolo Lazzaretti

Nasci em Roma,a minha mãe era a sétima geração romana, meu pai “toscanaccio” brabo e maremmano.
A minha historia no Brasil, começa em fevereiro de 1995 quando decidi mudar radicalmente a minha vida e da minha família e trazer o meu conhecimento empresarial e esportivo para o Brasil. Abri uma importadora em Brasilia de produtos genuinamente italianos no segmento das bicicletas, dando assim continuidade a historia da minha família que opera neste setor desde 1916, a Lazzaretti SAS com sede em Roma.
Em 2005 transferi a importadora Lazzaretti Brasil Ltda para o Rio de Janeiro e abri uma loja em Brasilia só de bicicletas speed.
Hoje, além das minhas atividades empresariais no setor das importações e no varejo, sou responsável da Granciclismo Lazzaretti Tours (2013), empresa focada na realização de viagens cicloturisticas e competitivas exclusivamente em território italiano. Sócio da W27 (2019) promotora de Granfondo tendo realizado 2 eventos na cidade de Brasilia e 1 em João Pessoa, com uma participação media de 600 ciclistas em cada evento.
Mas a minha maior satisfação e orgulho é de estar a frente do Paraciclismo Brasileiro desde 1996, iniciando com as Paralimpiades de Atlanta até Tokyo 2020. Foi Técnico e hoje sou Coordenador Técnico do Paraciclismo tornando-me responsável direto pelo grande crescimento desta modalidade. Sob o meu comando o Brasil conquistou 86 das 87 medalhas em eventos UCI (União Ciclística Internacional). As maiores vitorias foram 5 Campeonato Mundiais, 11 Copas do Mundo e no Rio 2016 tive a alegria de ver a 1ª medalha em Jogos Paralimpicos. Em 2010 recebi do COBI o premio de melhor Tecnico Paralimpico.

ANAILIME LUCIA DE MORAIS SANSALONI

Sou cidadã Italiana, neta de Calabres da cidade Mammola. Nascida de
Goiânia, casada com Valdivino de Oliveira. Sou arquiteta, empresária e nas horas de folga amante dos trabalhos manuais e artes.

Cristiane Vieira Gonçalves

Engenheira Civil, especialista em Patologia da Construção Civil, atua no ramo da construção civil à mais de 10 anos na região metropolitana de Goiânia, proprietária da Construtora Queiroz Vieira Engenharia, presta serviços de avaliação à Caixa Econômica Federal. Nascida em Goiânia, cidadã italiana, família Zanetoni/Ceneda oriundos do Veneto. Representante do Estado de Goiás no Encontro Nacional dos Jovens Italianos no Exterior realizado pela Embaixada Italiana e posteriormente representante do Brasil no Encontro Mundial dos Jovens Italianos no Exterior em Palermo na Itália. Atualmente é a coordenadora da AIGO/Jovem (Associação Italiana de Goiás/Jovem)

PAULO CÉSAR FINOCCHIO

Cirurgião-dentista, especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial, 57 anos, é natural de Marília/SP e residente em Goiânia desde 1999, mas Italiano desde o nascimento! Foi presidente da Associação Brasileira de Ortodontia seção Goiás (ABOR Goiàs) e presidente do 10º Congresso de Ortodontia ABOR Goiás, atualmente é membro do Conselho Superior da ABOR Goiás e da Comissão de Ortodontia do Conselho Regional de Odontologia. Sua família tem origem nos Abruzos em Tornareccio (Chietti) pelo avô paterno e no Veneto em Pontecchio Polesine (Rovigo) e Piombino Dese (Padova) pelos avós maternos.
Tem como objetivo estreitar os laços dos ítalo-descendentes com a Itália e com isso a busca do reconhecimento da Cidadania italiana estimulando o intercâmbio social, cultural e principalmente comercial entre Brasil e Itália, visto que a “busca” pelo reconhecimento da Cidadania estimula o aumento de consumo de produtos “Made in Italy” e o amor pela Itália e seu modo de vida.